AnimeTopic 003 - Kimetsu no Yaiba


  Oi, queridos!
  Sou a nova redatora do blog e para minha estreia, estou começando com uma crítica do anime Kimetsu no Yaiba, já que ele foi o anime de maior sucesso em 2019. O anime foi escrito por Koyoharu Gotōge e foi dirigido por Haruo Sotozaki no estúdio Ufotable.

  Tendo o gênero shounen, a história se foca em um menino chamado Tanjiro Kamado, que morava com sua mãe e irmãos ganhando dinheiro com a venda de carvão, assim como fazia seu pai, que faleceu. Um dia, após ele voltar para sua casa depois de ter ido a uma cidade vender carvão, ele encontra quase toda sua família morta, atacada por demônios. Por sorte, pelo menos sua irmã Nezuko Kamado ainda estava respirando. Enquanto tenta socorrê-la, Tanjiro descobre que Nezuko na verdade tinha sido transformada em um demônio, mas ela ainda conseguia demonstrar alguns sentimentos humanos. Sendo assim, Tanjiro se torna um caçador de demônios (daí o nome do anime, Demon Slayer) para tentar salvar sua irmã e transformá-la novamente em uma humana e evitar que outras pessoas sofram o mesmo que ele sofreu.


  Eu costumo comparar Kimetsu no Yaiba à um grande espetáculo de teatro, onde temos um grande conjunto de elementos que nos atraem e nos deixam deslumbrados até o final. O anime consegue ser envolvente sem se perder da história, e existe um conjunto enorme de emoções passadas pela história dos irmãos Kamado. Basicamente, uma temporada é o suficiente pra entender que o anime vai longe. Em cada episódio nós temos uma superação por assim dizer, nós podemos realmente sentir o quanto Tanjiro ama sua irmã, assim como seus novos amigos caçadores que adquire com o passar dos episódios.

  Cada personagem traz uma composição ideal ao grupo, pois o fato de terem personalidades tão diferentes é o que faz Kimetsu no Yaiba ser um anime tão especial. Podemos ver Tanjiro como um garoto gentil que já sofreu bastante; Nezuko como uma garota protetora apesar de ser um demônio; Zenitsu como um garoto leal e prestativo apesar de sentir medo em grande parte do tempo; e Inosuke como um garoto confiável, apesar de seu temperamento, podemos ver que ele confia em Tanjiro e que o vê como um rival o qual ele quer superar, entre outros personagens que tornam a história cada vez mais interessante. 


  O protagonista Tanjiro, assim como sua irmã e seus amigos são adolescentes, o que nos mostra uma realidade dura, afinal, adolescentes são enviados para lutar contra demônios que se alimentam de pessoas, ou seja, temos um grande responsabilidade sendo colocada sobre estes jovens. Apesar disso, continuam tendo um grande senso de justiça. 

  Podemos notar também que existe muita dúvida entre demônios e humanos trabalharem juntos, então demora até Nezuko ser aceita pelos outros caçadores de demônios e poder continuar ajudando e defendendo seu irmão Tanjiro de outros demônios. Com o passar da história podemos ver que nem todos os demônios são naturalmente ruins e sim pessoas que já passaram por grandes traumas e acabaram sendo transformadas.

  O que mais marca a história do anime é a Nezuko, porque apesar de ser um demônio ela simplesmente não precisa se alimentar de pessoas. Ao invés disso, ela dorme por um longo período pra recuperar suas energias. Sendo assim, uma rara exceção. Nezuko é um demônio especial, o que nos faz querer ver mais dela. Por fim, podemos dizer que Kimetsu no Yaiba é um anime impecável e que tenho grandes expectativas para ele. Não foi à toa que foi nomeado a melhor animação em vários lugares. Vale a pena conferir a história dos irmãos Kamado!

Postar um comentário

14 Comentários

  1. Muito bom, meu Deus! Parabéns à redatora! ��

    ResponderExcluir
  2. Eu nem dava bola pra esse anime, mas depois de ler essa crítica eu só consigo pensar "ok, eu preciso ver esse anime urgente!" kkkkk.

    ResponderExcluir
  3. Ai sim, finalmente um texto que me inspire a assistir esse anime.Parabens:3

    ResponderExcluir
  4. Gostei do resumo da historia, vou passar a acompanhar, parabens, amiga redatora, seu nivel eh estilo revista anime > Do, parabenss

    ResponderExcluir
  5. Respostas
    1. Não, mas todos os demônios são diferentes! Assista e descubra mais! Hehe!

      Excluir
  6. Ainda maravilhado����

    ResponderExcluir