Sea of Stars - O que esperar?


  Após o grande sucesso de The Messenger em 2018, a Sabotage Studios tem preparado seu próximo jogo, e mantendo em vista seu lema: "Estética retrô, game design moderno", o estúdio indie parte para sua nova jornada, Sea of Stars. O RPG toma como sua principal inspiração Chrono Trigger, o clássico do SNES, desenvolvido por aquela que na época ainda era a SquareSoft. Carregando uma ótima inspiração, e inclusive tendo a participação do compositor de Chrono Trigger, o time da Sabotage tem revelado boas informações do desenvolvimento, o que nos deixa sonhar um pouco até 2022, ano que o game está agendado para lançar.

  De acordo com os trailers e as informações liberadas pela mesma, pertence ao mesmo universo de The Messenger, se passando vários anos antes. O game tem a premissa de protagonizar dois jovens nascidos nos solstícios do verão e inverno, tendo poderes do sol e da lua, podendo se unirem para utilizarem o poder do crepúsculo, a única magia conhecida capaz de derrotar os monstros de Fleshmancer, o alquimista enlouquecido, que até onde sabemos, é o vilão do game.

  É uma premissa que se apresenta simples a primeira vista, mas que ainda tem capacidade de se tornar bem mais complexa do que aparenta, além de termos mecânicas de gameplay mostradas que são muito interessantes e diferenciadas, o que acrescenta muito à experiência, para que não seja uma homenagem aos antigos RPGs de turno que não vai muito além disso, de ser uma homenagem, e acabar caindo em ser apenas um jogo com mecânicas como as dos antigos, e a Sabotage, como já visto em The Messenger, pode fazer isso com maestria. Mas quais são as grandes diferenças que ele apresenta em suas mecânicas? Bom, com o que sabemos até agora, em combate teremos como reagir no turno inimigo, diminuindo dano recebido. Fora de combate, puzzles envolvendo a luz solar e lunar não serão algo difícil de se encontrar no mundo do game, tendo interação com a passagem do tempo, algo que em certo ponto será controlável. Mais mecânicas podem vir a serem apresentas, já que dos seis personagens jogáveis, só nos foram revelados três. 

  Dos personagens que temos conhecimento até agora, conhecemos Zale, o garoto do Sol, que peregrina o caminho do deus guardião Solen. Valere, a garota da lua, que segue o caminho da deusa guardiã Luana. E Garl, amigo e acompanhante dos dois na jornada deles como guerreiros do solstício. Os três saindo da vila Mooncradle, que treina e guia as crianças nascidas nos solstícios e trazidas pela grande águia, para poderem enfrentar Fleshmancer. Garl nasceu como uma criança normal, mas que pôde convencer a "névoa anciã" a permitir o mesmo a seguir na aventura com Zale e Valere.


  O universo do jogo aparenta ser bem vivo, pelo apresentado até agora em imagens e trailers. A Sabotage Studio tem como uma das principais intenções tornar a experiência algo não entediante e sem irritação, o grinding é algo que será ao máximo não necessário no jogo, e seguindo o exemplo de Chrono Trigger, em nome da imersão não haverá encontros aleatórios ou mudanças de cenários nos combates, tudo fluindo perfeitamente entre combate e exploração, e mesmo carregando inúmeras características dos RPGs clássicos, a Sabotage tem visado criar a "versão definitiva" deles do gênero, algo realmente ousado de se dizer, mas tudo que eles foram capazes de alcançar em The Messenger ao praticamente revolucionar o side-scrolling, nos dá motivos de sobra para confiarmos no trabalho do estúdio. Inclusive, algumas músicas da trilha sonora de Sea of Stars já estão disponíveis para serem ouvidas no site oficial do game, e com Eric W. Brown, que já fez músicas incríveis no game anterior do estúdio, estando acompanhado de Yasunori Mitsuda, só podemos aguardar outra coletânea incrível e cativante.

  E é com uma ótima inspiração, um histórico curto porém perfeito, informações bastante interessantes, músicas muito atmosféricas e uma equipe carismática e apaixonada pelo projeto que Sea of Stars nos deixa no hype para seu lançamento. 



Para mais informações, artes do game e notícias, você pode checar o site do game, e até entrar no servidor oficial do discord da Sabotage Studio. 

Postar um comentário

0 Comentários