Ubisoft Forward - Flop?


  Já tem um certo tempo desde a transmissão da Ubisoft Forward, conferência online feita para anunciar novos títulos da empresa, assim como novidades direcionadas aos seus jogos em atividade, além de mostrar o andamento de títulos já mostrados ao público, com gameplays e trailers. Além da empresa anunciar que ver a transmissão iria render prêmios aos que assistissem ela logados nas suas contas Uplay, o serviço e loja online da empresa, e obviamente, isso rendeu uma boa quantidade de gente acompanhando. Mas será que valeu a pena? Como foram os anúncios?

  Como em toda conferência de anúncios, alguns irão se sobressair entre os outros, e não foi diferente por aqui. Com destaque para Far Cry 6Assassin's Creed Valhalla e Watch Dogs: Legion, a Ubisoft tem bastante coisa vindo, mas os fãs estão no hype?

  Sem dúvida, Assassin's Creed Valhalla demonstra ter muita gente interessada, seja pela temática nórdica ou pela experiência que tiveram nos títulos Origins e/ou Odyssey. Mas ao mesmo tempo, muitos acreditam que, apesar do apelo recente da franquia de se tornar algo mais RPG e similar a jogos como The Witcher 3, o nome Assassin's Creed já devia ter sido enterrado, deixando esses 3 jogos como títulos de uma franquia nova, ou até mesmo isolados. Valhalla também teve sua data de lançamento anunciada (apesar de ter sido vazada dias antes da transmissão, através do Instagram), e a recepção da mesma é de muito receio, ao menos para quem espera ansiosamente o jogo, já que será um lançamento colado com Cyberpunk 2077, título da CD Projekt Red. Muitos dizem que é uma ação até abusada por parte da Ubisoft, vendo o tamanho da expectativa que o game da CDPR deu ao público, principalmente depois dos adiamentos. As vendas dos últimos jogos da franquia Assassin's Creed ainda foram muito bem, então agora veremos se os fãs que se manteram fiéis (e os novos) irão ao se interessar mais pelo Valhalla, e como o título se sairá indo de encontro com Cyberpunk 2077. Assassin's Creed Valhalla lançará oficialmente dia 17 de Novembro.

  Provavelmente Far Cry 6 é um dos poucos títulos que não apresentaram uma certa aversão do público, com muita gente se interessando, além de várias teorias surgindo sobre ligações com Far Cry 3 (apesar de improváveis). E muita gente torce para que o título faça a série sair da mesmice dos últimos 4 jogos, apresentando como o ator de seu vilão, Giancarlo Esposito, ator com um bom histórico de trabalho. O jogo novamente tenta ter seu selling point como o vilão do game, sendo o foco do marketing, mas dessa vez o foco do mesmo é ser acompanhado de uma criança. Essa que muitos teorizam ser o Vaas, um dos antagonistas e o personagem mais famoso de Far Cry 3, e até da franquia. Vamos aguardar para ver como a Ubisoft irá se desenrolar com o jogo.

  De resto, fora o Watch Dogs: Legion, que apesar de uma proposta ambiciosa, parece que não está a par do que pretende, tiveram outros anúncios menores, como um porte de Brawhalla para mobile, e um Tom Clancy's também para mobile. Outro anúncio que recebeu uma certa atenção é o battle royale da Ubisoft, Hyper Scape. Mas o grande assunto das redes durante a transmissão não foi sobre nenhum dos anúncios, salve talvez o Far Cry 6.


  A Ubisoft prometeu recompensas aos que assistissem logados com sua conta da Uplay, entre elas, o game Watch Dogs 2 gratuitamente para PC. Mas por vários problemas, a maioria dos jogadores não conseguia nem logar com suas contas, e a própria Uplay não estava funcionando. Somando isso à reputação mais manchada da empresa a cada dia, muita gente tem comentado sobre os preços das edições do AC Valhalla, Far Cry 6, entre outros e como tem sido, realmente, um roubo. Principalmente com as comparações à edição padrão do Cyberpunk 2077, que oferece muita coisa. Logo depois, foi prometido o Watch Dogs 2 para todos que logassem sua conta num link que a empresa forneceu, mas muitos não receberam o game ainda (incluindo este que vos fala). A dúvida que fica é se um dia a reputação de "Bugsoft", ou de mercenária vai embora, e ela retornará a fazer algo com mais qualidade, tanto em seus produtos, quanto serviços.

Postar um comentário

0 Comentários