Genshin Impact e o mercado de jogos mobile


  Há algum tempo, mais especificamente em 2016, a miHoYo, desenvolvedora chinesa de jogos mobile fundada em 2012 por três amigos numa universidade de Shangai, tinha lançado Honkai Impact 3rd, o jogo era a consolidação do que a empresa tinha aprendido e adquirido de experiência de 2011 à 2014 no ramo de jogos mobile, e sendo notado principalmente pela maneira como misturava gêneros, com foco em Hack and Slash, apresentando elementos de dungeon crawling e um sistema de gacha.
 
  Com ótimos números de usuários e recebendo críticas bem positivas, com a maior parte de seus jogadores na Ásia, batendo um milhão de downloads no Japão onze dias após o lançamento. Segundo a IGN, foram 35 milhões de downloads ao redor do mundo por volta de Março de 2018, recebendo suporte em vários idiomas ao redor do mundo.

  Além da posterior versão de PC do jogo, não houve muita atenção para ele na mídia, mas o jogo foi bem elogiado pela sua facilidade de jogar, qualidade visual, e até comparado com certos jogos de console no quesito de qualidade geral.

  Honkai Impact 3rd foi um grande sucesso pra miHoYo, recebendo até um mangá para contar mais da história do jogo, mostrando muito da capacidade da equipe, e foi o ponto de início e motivação para tentarem algo maior e diferente. E logo três meses após o lançamento do mesmo, em Janeiro de 2017, a empresa anunciou que tinha um projeto novo fazendo uso da Unity, com o objetivo de se fortalecerem para serem capazes de produzir jogos com mais qualidade, e esse projeto era Genshin Impact.


  Genshin Impact recebeu uma versão beta no mesmo mês de seu anúncio, no meio de 2019, e desde o início já se mostrava abertamente com inspirações em Zelda: Breath of The Wild, sendo um Action RPG de mundo aberto com gacha, se tornando uma ótima evolução da ideia que Honkai Impact 3rd apresentou, e se disponibilizando para não apenas mais plataformas, mas também em vários idiomas a mais, incluindo o nosso português brasileiro, o que aumentou a acessibilidade do jogo, que também é gratuito, estando presente tanto no cenário mobile quanto no PC e PS4, direto no lançamento, e com direito a cross-play entre os jogadores.
 
  O jogo teve uma recepção incrível em suas primeiras semanas, sendo o mobile chinês com o maior lançamento internacional, com milhões de downloads, e se mantém como um dos jogos mais baixados no Android e no iOS.
  
  Genshin também recebeu um mangá, como Honkai Impact, que está disponível para leitura no site oficial do jogo, assim como informações sobre os personagens e universo criado pela miHoYo.


  Assim que chegamos no mundo de Teyvat, é impossível não perceber as inspirações em Breath of The Wild, nas mecânicas, movimentação, e principalmente, em seu mundo aberto, nos inimigos que o habitam, mas também a própria identidade do jogo, em suas mecânicas de combate, envolvendo as características elementais de cada personagem, a importância de construir uma party de personagens que se complementem de acordo com os inimigos a serem enfrentados, além das próprias mecânicas de gacha. Além disso tudo, apresenta também uma trilha sonora muito atmosférica, e uma gameplay bem fluida, que faz a exploração ser bem mais interessante. 

  O mundo do jogo até agora nos apresenta dois reinos, e várias missões da história do jogo e secundárias espalhadas por ambos, e vários personagens para conhecermos e obtermos. O conteúdo é realmente impressionante pra um game mobile, e ainda tem mais no futuro, pois a miHoYo tem muitos planos para atualizações futuras, o que nos deixa apenas ansiosos para saber o que nos aguarda.


  O jogo, querendo ou não, é um ótimo exemplo da força que os jogos mobile tem recebido nos últimos anos, sendo extremamente bem trabalhados, principalmente pelo fato da miHoYo ser focada em produzir para celulares, e pode indicar como essa plataforma também apresenta capacidade de oferecer ótimas experiências além de jogos focados em multiplayer competitivo. O próprio cross-play com o PS4 indica bastante disso, além de ser uma ferramenta de maior acessibilidade. Genshin Impact pode não ser a melhor experiência de jogos mobile, e com certeza não é a primeira com nível grande de qualidade e esforço por trás, porém sua popularidade pode muito bem abrir portas para que venham outras ainda melhores, com a capacidade pra contar histórias, divertir, e proporcionar isso a um grande público que não tem acesso aos consoles, podendo jogar games de grande porte em seu celular.

  Com certas marcas produzindo até mesmo celulares com foco em jogos, podemos aguardar um futuro bem promissor para a plataforma.

Postar um comentário

0 Comentários