A situação melancólica da MIBR


Tudo parecia um mar de rosas para a MIBR. O time estava voando, conseguindo vitórias improváveis e colocações ótimas em torneios fora do Brasil.

Só que alegria de torcedor da MIBR dura pouco, e dessa vez não foi diferente.

A escalação nova que estava jogando tão bem (composta por V$M, Lucas1, kNgV-, TRK e leo_drk) foi completamente desmanchada.

A MIBR não conseguiu manter a escalação e alguns dos jogadores comentaram sobre. 

O que teve mais repercussão foi Lucas1, comentando sobre a situação da negociação com o time em sua conta do Twitter:

"Cada um sabe a proposta que foi oferecida. A conta não tá batendo, conforme tá saindo na mídia. É a primeira vez que eu vejo uma organização não oferecer moradia/ajuda de custo estando fora do pais. É triste ter que expor isso. Desculpa, mas não posso ver tudo sem falar nada." 

Cogu falou com o GloboEsporte sobre o assunto:

"Eu me senti como um m****, como um lixo, nessa negociação. Abaixaram 70% [do salário] de jogadores que já estavam e ofereceram um valor bem abaixo do que saiu na mídia (10 mil dólares). Foi um pouco mais da metade disso, a gente falou não, a gente não aceita isso e a nossa base é 15 [mil dólares]". 

Fly afirmou que a nova lineup do MIBR será inteiramente formada por brasileiros, também ao site da Globo.

Agora é a hora da minha opinião sobre isso: a MIBR é um time extremamente rico, isso não tem discussão.

Eles vendem muito merchandising, além da line nova ter conseguido ótimos resultados (o que deve ter consequências muito boas financeiramente para o time).

O que custava ao time ter oferecido contratos melhores para manter seus jogadores?

Essa é uma pergunta que não tem resposta. Mas, na minha visão, os fãs tem toda a razão do mundo em estarem bravos com a incapacidade da administração de manter um time tão bom.

Postar um comentário

0 Comentários